Warning: Parameter 1 to wp_default_styles() expected to be a reference, value given in /home/storage/3/81/ab/winefit/public_html/news/wp-includes/plugin.php on line 580

Warning: Parameter 1 to wp_default_scripts() expected to be a reference, value given in /home/storage/3/81/ab/winefit/public_html/news/wp-includes/plugin.php on line 580

Verão também é tempo de vinho tinto

É comum o hábito de tomar vinho ser associado ao inverno e ao friozinho da estação. Mas dentro da infinidade rótulos e uvas existentes há aqueles que caem bem no verão. O mais indicado são os vinhos brancos e rosados, além de espumantes. “No verão procuramos beber líquidos mais leves e refrescantes, por isso os vinhos com menos corpo e mais acidez descem melhor. Já no inverno procuramos vinhos mais encorpados, estruturados, mais alcoólicos, potentes e amadeirados que nos aqueçam”, explica o sommelier da Wine, Manuel Luz.

Os vinhos brancos, rosês e espumantes são menos alcoólicos e com menos madeira, combinam mais com os pratos leves que são a cara da estação. Entre as uvas brancas indicadas pelo especialista estão Gewürztraminer, Chardonnay, Sauvignon-blanc, Riesling, Viognier e Alvarinho, a uva do vinho verde.

Mas em se tratando de degustação, sempre prevalece a preferência de quem toma. “Existem alguns caminhos que podem ajudar numa experiência mais satisfatória, mas é claro que é preciso considerar o gosto pessoal. Não existem regras rígidas em se tratando de vinhos”, justifica Manuel. Por isso, os amantes de vinho tinto podem e devem manter sua preferência mesmo na temporada mais quente do ano.

Alguns tintos leves e de boa acidez são perfeitos para essa época. Segundo Marcio Moualla, diretor da Terramatter, “os brancos estão sempre em alta no período de calor, mas os tintos jovens e com pouca carga de taninos também são uma opção assertiva”. As uvas bonarda, da Argentina, e a Pinot Noir e a Carmenère, do Chile, são ótimos exemplos. O sommelier da Wine, indica ainda as uvas Gamay, Tempranillo e Bonarda, todas são uvas tintas, porém, suaves.

Outro ponto a se considerar no verão é a temperatura da bebida. No verão deve se tomar os vinhos mais frescos. No caso dos brancos a temperatura deve ficar em torno de 7º graus e os tintos por volta de 14º graus. “Não devemos beber vinhos a temperaturas muito baixas. Além de anestesiar as papilas gustativas, deixa o sabor do álcool muito ressaltado, mascarando os sabores e aromas da bebida”, orienta o sommelier.

Fonte: Basilico