Novos vinhos na Vinos y Vinos

bordeaux1  Esta semana a importadora Vinos y Vinos apresentou alguns novos rótulos que chegaram ao seu catálogo. O foco deste lote de vinhos está concentrado nas segundas marcas  dos châteaux bordaleses. Com a ajuda de duas ótimas recentes safras (2009 e 2010) mais a grande demanda do mercado chinês em anos recentes (que já arrefeceu), os preços  dos vinhos de Bordeaux dispararam. Então apostar nos segundos vinhos destes produtores é um caminho para ter um acesso mais econômico ao estilo mais clássico da  Cabernet Sauvignon e da Merlot. No geral, os vinhos estão na faixa dos R$ 100 e R$ 200 e há um mix de estilos, com Prieuré Canteloup (R$ 105) e L’Heritage de Chasse-Spleen (R$ 179) entre os clássicos e St.  Jacques de Siran (R$ 109) e Demoiselle de Sociando (R$ 199) entre os mais modernos. Meus destaques foram o Ronan by Clinet Blanc 2012 (R$ 109) e o tinto Haut-Médoc de  Giscours (R$ 189). O branco ainda mostra a exuberância da Sauvignon Blanc, com seus aromas de grapefruit e aspargo, mas com o tempo deve ganhar untuosidade elegância  dos aromas. Curiosamente, é vedado com tampa de rosca, algo raro em Bordeaux.   O segundo vinho do Château Giscours, mesmo sendo de uma região mais genérica, o Haut-Médoc, resume o que se pode encontrar em Margaux (onde está o château):  perfume. O aroma já está aberto, sem vulgaridade, e notas de fruta vermelha fresca, canela, cedro e alcaçuz podem ser encontradas. A acidez está na medida e os taninos finos  e delicados. Já está em um bom momento para ser bebido.

Saiba mais: http://blogs.estadao.com.br/quinta-do-paladar/2014/08/01/novos-vinhos-na-vinos-y-vinos/